Pubicado em: qua, jul 6th, 2016

Casa do Cachorro Preto apresenta exposição “Hoje Minha Vida é Minha Noção de Luta”

A Casa do Cachorro Preto, em Olinda, recebe a exposição ”Hoje Minha Vida é Minha Noção de Luta”, da artista plástica e poeta mineira Mariana de Matos, com  cerca de 20 trabalhos inéditos em aquarela, bordado, pintura, desenho em vidro, intervenção poética. A abertura será nesta quinta feira(07), ás 19h, e contará com apresentação das djs Xuana e Paula Motta.

Os seus trabalhos representam simbolicamente a objetificação da mulher negra, aspectos opressores do patriarcado e referenciam sua crítica no estigma forte de um Brasil colonial. Imagem e discurso revelam a violência cotidiana contra o pobre, o negro, a pessoa trans. E conclama o enfrentamento para os atuais momentos difíceis.

Mariana está no Recife para pesquisar poesia no cotidiano e sujeitar sua produção ao estímulo da cidade. “Faço uma provocação fundamental à leitura de aspectos sociais e políticos do Brasil hoje. As obras tocam em pautas comumente invisibilizadas pelos espaços privilegiados de fala e procuram através de linguagem poética produzir sentido e estabelecer diálogo a respeito da situação do país”, resume Mariana.

A artista realizou no ano passado a exposição individual, Parto,  em Belo Horizonte (MG) e no Recife já realizou uma intervenção literária na Casa da Rua e a individual Como Viver do Desejo, no Maman. Durante a exposição também estarão disponíveis duas publicações de sua autoria Meu corpo é um esconderijo (ed. Penalux, 2014) e META (selo bendito ofício, 2016).

Serviço:

Exposição “Hoje Minha Vida é Minha Noção de Luta”

Data de Abertura: quinta-feira (7)

Horário: 19h

Local: Casa do Cachorro Preto – rua Treze de Maio, 99, Cidade Alta – Olinda – PE

Visitação até 31 de julho - de quinta a domingo - das 16h às 21h

Informações: (81) 982001399 (A Casa do Cachorro Preto)

Gratuito

Com informações da Assessoria